domingo, 8 de outubro de 2017

Money, Abundance... / Dinheiro, Abundância... Part 3

Money, Abundance, Happiness and Freedom - Part 3

Dinheiro, Abundância, Felicidade e Liberdade - Parte 3 


Why are we not always aware of the “Garden of Abundance” and why is it sometimes so elusive and hard to access – one more reason:

Porque é que nem sempre nos damos conta da existência do “Jardim da Abundância” e porque é que é tão fugidio e difícil de aceder – mais uma razão:

- Seeing only a fraction of it – like for example believing that it’s only money that counts and not realising that money is but a mere fraction of all that abundance is.

- Ver apenas uma fração do todo – como por exemplo acreditar que é apenas o dinheiro que conta e não termos a noção de que o dinheiro é uma mera fração do todo que é a abundância.

In fact, money has been around for a very short time, when we consider how old Earth is and was there by any chance no Abundance before money was invented?

De facto, o dinheiro foi criado há muito pouco tempo, se considerarmos a idade da Terra e será por acaso possível que não houvesse Abundância antes de o dinheiro ter sido inventado?

Capitalism has done a good job formatting us to believe in the whole structure it requires in order to thrive and it thrives best by creating a sense of lack that needs to be fulfilled, making us feel there is always something missing and there is never enough – thus making us crave for more all the time.

O capitalismo tem feito um excelente trabalho formatando-nos para acreditarmos em toda a estrutura que requer para poder viver saudável, e a sua saúde depende da criação de uma sensação de escassez que precisa de ser preenchida, fazendo-nos sentir como se houvesse sempre algo em falta e que nunca há o suficiente – fazendo-nos desejar mais constantemente.

Picture an orchard with many fruit trees. As it were, not all of them flower and bear fruit at the same time and not all years are good apple years, or lemon years or grape years. But there is always some kind of fruit, more than one kind of fruit bearing bountifully, so that we can rest assured that we always have enough of any given fruit.

Imagina um pomar com muitas árvores de fruto. Nem todas estas árvores dão fruto ao mesmo tempo e nem todos os anos são bons anos de maçãs, ou bons anos de limões ou de uvas. Mas há sempre algum tipo de fruta, mais do que um tipo de fruta, a produzir abundantemente, pelo que podemos ficar descansados com o facto de que teremos sempre o suficiente de uma qualquer fruta.

On the other hand, some years are extremely good apple or pear or lemon years. In these years there is so much fruit we don’t know what to do with it. We give It away, freeze it, process it, sell it – there is way more than enough.

Por outro lado, alguns anos são extremamente bons anos de mação ou de peras ou de limões. Nestes anos há tanta fruta que não sabemos o que fazer com ela. Damo-la, congelamo-la, transformamo-la, vendemo-la – há muito mais do que o suficiente.

But we can’t keep the fruit forever, even when it’s processed into jam, juice or frozen. It has a “best before” date. It has to be consumed or it will go bad. It doesn’t really matter though, because each year the trees bear more fruit, new and fresh fruit, be it one or another type, there is always more than enough when pooled together.

Mas não podemos guardar a fruta para sempre, mesmo depois de a termos transformado em compota, ou sumo ou congelado. Tem uma data de validade. Tem que ser consumida, senão estraga-se. Isto não tem grande importância porque cada ano as árvores dão mais fruta, nova e fresca, seja de um tipo ou de outro, há sempre mais do que o suficiente quando se reúnem todos os tipos de fruta disponíveis.

Focusing on money as the only source of richness in our lives is like expecting the apple orchard to bear bountifully forever. And trying to keep it all stashed away, for fear that it will run scarce sometime, is like keeping apple juice stored well past its “best before” date.

Focarmo-nos no dinheiro como a única fonte de riqueza nas nossas vidas é como ter a expetativa de que o pomar de maçãs dê fruta abundantemente para sempre. E tentar guardá-lo todo, por medo de ser escasso em algum momento, é como guardar sumo de maçã muito depois de ter passado o prazo de validade.

Being abundant, which in turn creates fulfilment – happiness – freedom, is something totally different. It is knowing, completely trusting that you shall always be provided for, knowing that energy serves you and your choices and it comes in multiple forms. Our task is to learn how to be thankful for peaches even when we were expecting plums and realizing that the peaches are actually perfectly appropriate now. Tomorrow, if we still need plums, they might possibly be available or there might be pineapples instead and those will be even better than plums.

Ser abundante, que por sua vez cria um sentimento de realização – felicidade – liberdade, é algo totalmente diferente. É saber, confiar completamente que terás sempre o que necessitas, saber que a energia serve todas as tuas escolhas e materializa-se de formas múltiplas. A nossa tarefa é aprendermos a ficar gratos pelos pêssegos mesmo quando estávamos à espera de ameixas e perceber que os pêssegos são perfeitamente apropriados agora. Amanhã, se ainda precisarmos de ameixas, poderão já estar disponíveis ou poderá haver ananases em vez disso, e podem até ser muito melhores que seria as ameixas.

Chances are that when you are steadily flowing, money will too – not necessarily by the millions, but more than enough for all that you need. Because all in all you possibly don’t need as much as you thought you did. If for instance you want to buy apples and don’t have the money for them but the apples show up instead – someone just has the bright idea of offering you a bag of apples – then the money for them isn’t necessary, today.

Quando estiveres entregue ao fluxo da vida o dinheiro também fluirá – não necessariamente aos milhões, mas mais do que o suficiente para tudo o que precisas. Porque no final das contas se calhar não precisas de tanto como pensavas. Se por exemplo quiseres comprar maçãs e não tiveres dinheiro para isso mas se as maçãs te aparecerem à frente de outra forma – por exemplo alguém teve a brilhante ideia de te oferecer um saco de maçãs – então o dinheiro para elas não é necessário, hoje.

Now of course, the idea is to turn the orchard metaphor into daily life and see where it applies, learning how to realise that the orchard is in fact much larger than it seemed and it has much more possibilities than you could see from the point of view of lack.

Agora, claro, a ideia é transformar a metáfora do pomar na sua aplicação prática no dia-a-dia e ver onde é pertinente, aprendendo a perceber que o pomar é afinal muito maior do que parecia e tem muito mais potenciais do que os que podias ver através do ponto de vista da escassez.

Gratitude is definitely the golden key that opens the door of illusion into the garden of abundance.

A Gratidão é definitivamente a chave de ouro que abre a porta da ilusão e nos permite aceder ao “Jardim da Abundância”.







Sem comentários:

Enviar um comentário