quarta-feira, 13 de junho de 2012

Agora Escolhe Tu!


Agora Escolhe Tu! :)


Nestes últimos dias não tenho colocado nada de novo neste blogue mágico, mas não tem sido por falta de magia, muito pelo contrário. A magia é tanta que me faltam as palavras para expressá-la!
Sabes o que é sentires que és tão amado/a que o teu coração parece querer rebentar fora do tórax? Não é ser amado/a por uma ou duas pessoas em particular, é por todos que se cruzam no teu caminho de uma forma ou de outra, é pelas experiências que vives, é pela tua Alma, é pelos anjos que vivem na Terra e fora dela, é pela própria Terra, é pela vida em si mesma! Sentires que tudo te ama, da mesma forma que amas tudo? Não sei como explicar, mas ainda que não haja palavras que descrevam isto, é literalmente assim!
Podia descrever aqui um monte de experiências simples e mágicas que tive nestes dias mas vou partilhar a forma como me estimularam e impeliram a abraçar mais de mim mesma.
A cada momento posso sempre escolher olhar para as joias ou para o lugar onde não estão. Escolho olhar para ambos, como uma e a mesma coisa, pois tudo faz parte dos ciclos infinitos de expansão e contração em todo o Universo.
E assim, a cada momento posso escolher duvidar ou continuar a confiar plenamente na voz do meu coração que alimenta a minha mente e o meu corpo, a partir da sábia essência de quem realmente sou. E posso escolher acreditar que isso que sou é grande demais para abarcar e colocar no meu mundo físico, ou aceitar que é o que sou e manifestá-lo tal como é. Posso achar que a casa em que habito é grande demais para mim, ou aceitar que é do tamanho certo para a minha grandeza. Posso pensar que não tenho o suficiente, ou ver que tenho mais do que o necessário, sempre. Posso recusar as oportunidades que surgem por me apanharem de surpresa, ou posso dizer simplesmente que SIM e receber tudo com gratidão. Posso sentir-me culpada por não conseguir fazer tudo sozinha, ou pedir ajuda e recebê-la com a mesma abertura com que a dou. Posso fazer, fazer, fazer ou ser, ser, ser e descansar nesse estado de ser, sabendo que tudo o que faço com suavidade e doçura tem a mesma força que teria o esforço e a luta. Posso olhar à minha volta e não ver nada mais que banalidades, ou ver que a magia está presente apenas para quem a aceita na sua vida.
E tu, o que é que escolhes?



3 comentários:

  1. Sempre directa e "provocadora"...

    Ora, as minhas escolhas...de Ser - passam sempre pelo meu bem estar físico e mental, não dispensando "aquela" poção mágica da Alma...

    Artemis

    ResponderEliminar
  2. Que lindas escolhas!!! :) E o resto da malta? Vá partilhem lá....

    ResponderEliminar