sábado, 20 de agosto de 2016

Never Give Up? / Nunca Desistas?

Never Give Up


Such a darned dual statement.

On one hand essential to be done, on the other essential not to be done… just because in this volatile physical reality there is ALWAYS a SOMETIMES and NEVER is quite a treacherous concept indeed…

Let me explain what I’m getting at ;)

“Never Give Up” as a synonym of Determination is a MUST in any endeavour.

Nevertheless, and giving a concrete example here, my steadfast determination ultimately lead me to give it all up!!! In other words, I only ever really fell into myself and experienced true fulfilment when I gave up. 

      When I gave up trying to be better
·         When I gave up pretending
·         When I gave up trying to fix my chaos and chaos elsewhere
·         When I gave up trying to figure the way out of the mess I was in
·         When I gave up fighting
·         When I gave up trying to make sense
     When I gave up on needing to be in control
     When I gave up on identity
     When I gave up of heaps of stuffy beliefs and stale practices and habits
·         When I gave up trying to understand the multitude of discrepancies in the World
      When I gave up on TRYING
·         When I even gave up on wanting to live! There came a point when it was “either… or” for me. Either out of duality, inside of me at least, or out of here altogether

By giving up I gave way to complete surrender and only then did I definitely start Living, Feeling, Enjoying, Being.

But….. because in duality there is ALWAYS a BUT ;) Never give up on surrender to Essence, on Trust… On Life, Love, Isness.

This is the simple, sure way to every heartfelt dream, every wish for “happiness” and blissful grace.

So, give up or never give up?

I would say “never give up on giving up” as in letting go, surrendering, flowing, loving, living :)

I only ever get anything worthwhile done in everyday life, when I give up on "efforting" and fall back into my endless Ocean of Knowingness, discovering a new way moment to moment. 


***

Nunca Desistas?


Uma afirmação e tanto. 

Por um lado é essencial que se faça, por outro lado é essencial que não se faça... apenas porque nesta realidade física extremamente volátil há SEMPRE um ÁS VEZES e NUNCA é um conceito bastante traiçoeiro...

Deixem-me explicar onde quero chegar ;)

"Nunca desistas" como sinónimo de Determinação é ESSENCIAL em qualquer demanda. 

No entanto, e dando um exemplo concreto, a minha determinação inabalável levou-me em última instância a desistir de tudo!!! Por outras palavras, apenas caí completamente em mim, experienciando completude real, quando desisti...

      
Quando desisti de tentar ser melhor
Quando desisti de fingir
Quando desisti de tentar reparar o meu caos e o caos por todo o lado
Quando desisti de tentar descobrir uma saída para a alhada em que estava metida
Quando desisti de lutar
Quando desisti de tentar fazer sentido
Quando desisti de ter que ter tudo sob controlo
Quando desisti de ter que ter uma identidade
Quando desisti de montes de crenças bafientas e práticas e hábitos obsoletos
Quando desisti de tentar compreender as múltiplas discrepâncias pelo mundo fora
Quando desisti de TENTAR
Quando desisti de querer viver! Cheguei a um ponto em que ou eu realmente caía em mim de vez ou não valia a pena cá andar. Ou saía da dualidade interna ou saí daqui!

Ao desistir deixei o caminho livre para render-me por completo e foi apenas nessa altura que comecei definitivamente a Viver, a Sentir, a Desfrutar, a Ser. 

Mas... porque na dualidade há SEMPRE um MAS ;) Nunca desistas de te render à tua Essência, à Confiança... à Vida, ao Amor, a Ser. 

Esta é a forma simples e segura para chegar a todos os sonhos profundamente sentidos no teu coração, a todos os teus desejos de "felicidade" e graça. 

E então, desistir ou nunca desistir

Eu diria "nunca desistas de desistir", largar, renderes-te, fluir, amar, viver :)


As únicas vezes em que consigo realizar algo realmente valioso e consistente na vida, são aquelas em que largo o "esforço" e me deixo recostar no meu Oceano Infinito de Sabedoria, descobrindo uma nova forma, um novo caminho, momento a momento. 


Sem comentários:

Enviar um comentário